Você gostaria que o blog voltasse a ativa e disponibilize CFGs do Counter-Strike: Global Offensive?

TOP 20 DE 2010: GUX #12


Rasmus “GuX” Stahl que durante 2010 teve passagens por SK Gaming e fnatic é o nosso top 12 em 2010


O portal de noticias HLTV.org segue revelando os 20 princípais jogadores de 2010, e hoje foi anunciado o nosso décimo segundo jogador desta lista, estamos falando de Rasmus “GuX” Stahl, atualemnte jogador do Lions.

Informações básicas


Nome: Rasmus “GuX” Stahl
Time: SK Gaming fnatic
Idade: 21

Principais conquistas em 2010

Primeira colocação: GameGune 2010, IEM5 GC Shanghai, KGC #2, IOL FINAL4 S2
Segunda colocação: ESWC 2010, MSI BEAT IT, Arbalet Cup Best of 4, DSRack #3, EPS Nordic II
Terceira colocação: IEM4 World Championship, e-Stars

Informações de jogo

Quantos mata por round: 0.75
Quanto morre por round: 0.62
Avaliação: 1.11
Mapas jogados: 124
Melhor da partida: 17 vezes eleito o melhor da partida
Melhor torneio: ESWC 2010
Melhor mapa: de_inferno
Status mais honorável: melhor assault (top rifler) da ESWC e GameGume

Rasmus “GuX” Stahl foi um jogador chave para a sua equipe, mas no final do ano, após a disputa da WEM começaram a surgir boatos de que GuX deixaria o fnatic (isto em 2009). Um mês depois, logo no inicio de 2010 os boatos foram confirmados e GuX deixou o fnatic, na época o motivo alegado eram os estudados. Entretanto, ele não ficou fora do jogo por muito tempo e já em fevereiro o sueco juntou-se ao SK Gaming.

Sucesso e conquistas imediatas

Logo em seu primeiro torneio com o SK Gaming, na IEM Final Mundial, aonde sua equipe conquistou o terceiro lugar, com uma ligeira melhora em relação ao ultimo campeonato disputado (IEM4 Final Européia). GuX sem duvida nenhuma fez a diferença, ainda na fase de grupos foi o jogador mais votado em três das cinco partidas. Embora GuX tenha alguns desempenhos abaixo da média nos playoffs, ele terminou como o segundo melhor jogador do time e ficou entre os oito melhores classificados (ou avaliados) daquele evento (1,14). Seu melhor jogo foi vs compLexity, ainda na fase de grupos.

O próximo destino era Kiev, para a disputa da Arbalet Cup Best of Four, aonde o SK veio a conquistar um segundo lugar e GuX foi eleito o melhor jogador do torneio (foto), mas o mais importante, GuX também foi o melhor jogador do SK, especialmente nos jogos vs Na’Vi (de_train) e vs fnatic (de_dust2).

Em maio, chegou a vez da Arbalet Cup Europe, evento que foi realizado em Estocolmo, na Suécia. Porém, apesar de jogar em casa, o SK caiu logo na primeira fase de grupos, enquantoGuX não teve boas apresentações (avaliado em 0,90).

Um mês depois, GuX voltaria com força total, mostrando sua mais alta performance, com isso ele ajudaria o SK a conquistar seu primeiro titulo em 2010, embora não muito expressivo (IOL Final 4 Season 2). Mas GuX foi sem duvida nenhuma o MVP do torneio, avaliado em 1.20, classificação devida a seu ótimo desempenho na final, quando ele fez impressionantes 1.41 vs fnatic, em um total de dois mapas.

Algum tempo depois, veio a DreamHack Summer, evento que o SK terminou em quarto lugar, enquanto GuX novamente foi o melhor jogador do time, embora com uma média de 1,02. GuXteve muitos altos e baixos no evento, mas o mais importante foi que ele jogou bem na partida de quartas de final vs Na’Vi, até então um time a ser batido.

Entre abril e junho, GuX participou da ASUS ENC, aonde representou a seleção da Suécia e ajudou seu pais a garantir um lugar nas finais de lan. Embora, ele não tenha se destacado, ele terminou o evento com avaliado em 0,93.

Já no final de junho, o SK Gaming viajou para a ESWC, em Paris, na França, aonde obteve seu maior sucesso até então. Já GuX teve seu melhor torneio individual no ano, GuX foi o melhor jogador do evento, tendo excelentes jogos na fase de grupos, assim como também nas quartas e semi finais. Talvez sua atuação vs Frag eXecutors, na semi final, quando ele fez 28 frags vs 18 mortes (no primeiro mapa), tenha sido a melhor naquele evento.

O retorno ao fnatic

Após o maior sucesso do SK no ano, o vice campeonato da ESWC, e até mesmo antes de viajar para os Estados Unidos, para a disputa da Arbalet Cup Dallas, GuX foi convidado para retornar para o fnatic. Em meio a controvérsias na época sobre seu contrato, ele optou por voltar a sua equipe aonde teve um enorme sucesso em 2009, enquanto o SK chamou moddii para completar sua formação, na ocasião (Arbalet Cup Dallas) o SK ficou na sexta colocação e já começava a sentir a falta de GuX.

Na GameGume, seu primeiro evento na equipe nova (ou velha), GuX ajudou o fnatic a conquistar um grande torneio, após os fracassos da DreamHack Summer e ESWC, aonde o time sueco foi eliminado nas quartas de final. GuX estava no auge, termino o evento classificado em 1,21 (embora apenas o terceiro melhor da equipe) e com belíssimas apresentações. A maioria delas notáveis eu diria, podendo destacar a partida vs prodigy-esc, aonde GuX fez incríveis 40 frags vs 12 mortes.

Alguns depois uma nova viagem, desta vez à China e nova vitória, desta vez na IEM 5 Global Challenge Shangai. GuX teria um bom torneio, jogando bem como sempre e tendo uma classificação superior a 1.00 em 7 dos 8 mapas jogados por ele. No final, GuX foi avaliado em 1.16, novamente o terceiro melhor do seu time e o quinto melhor do evento. Seu melhor desempenho foi na partida vs TyLoo.raw, ainda pela fase de grupos, aonde GuX fez 32 frags vs 18 mortes.

Algumas semanas depois, o fnatic jogaria a e-Starts Seoul, aonde começou arrasador, vencendo todoas as suas partinas na Continental Cup, assim como também na fase de grupos do torneio, aKing of the Game tournament. Entretanto, eles foram derrotados na semi-final e, consequemente, acabaram na terceira colocação do evento após baterem o TyLoo. Já GuX foi bem, terminou o evento com uma classificação de 1.10, embora sem um grande destaque em suas partidas.

Seu próximo torneio foi a MSI BEAT IT, evento em que o fnatic terminou no segundo lugar, após ser derrotado para o Evil Geniuses na Grande Final (12:16 na de_dust2, 22:20 na de_nuke e07:16 na de_train). GuX jogou bem e foi constante, desta vez terminando o evento como o terceiro mais votado e com uma classificação de 1.21, embora, novamente GuX não tenha tido uma perfomance explosiva.

Nesse meio tempo, a EPS Nordic II, aonde o fnatic estava na final vs mTw, que terminou em segundo, atrás do fnatic, que foi o campeão. GuX jogou bem a EPS Nordic II, apesar de ter jogado boa parte dela pelo SK (9 de seus 14 mapas), obtendo uma classificação de 1,09.

Abaixo, você pode conferir um vídeo de GuX vs PlayZone.fi:
Vale destacar que no vídeo acima, GuX, representava o SK

O próximo destino? A Dinamarca, aonde o fnatic participou da DSRack Lan #3 e KGC #2. GuXnão estava em um bom momento, apesar de ter sido classificado em 1.06 na DSRack, ele foi o pior jogador da sua equipe. Já o fnatic terminou em segundo lugar na DSRack. Na KGC, uma história parecida, embora desta vez o fnatic saísse como campeão e vingado do Full Gaming(ex-p00nhandlers), time que havia derrotado os sucedos ainda na DSRack Lan #3. Já Guxtermino o evento classificado em 1,04.

Uma viagem para ser esquecida, desta vez para a China, aonde o fnatic perdeu seus dois jogos na WEM e terminou a competição em ultimo lugar, enquanto GuX teve sua pior avaliação do ano (0,79). Porém, algumas semanas mais tarde, na DreamHack Winter, GuX melhorou muito, embora o fnatic mais uma vez não tivesse conquistado o resultado esperado, tendo em vista que o gigante sueco caiu nas quartas de final vs Na’Vi. GuX estava de volta a boa forma, com uma média superior a 1.00 em 6 dos 7 mapas disputados, terminado com uma classificação de 1.16 (9 no geral daquele evento).

Algum tempo depois, uma nova decepção para o fnatic, desta vez um quarto lugar na EPS Nordic II, terminando atrás do RAGE, que conquistou o terceiro lugar. Neste evento podemos destacar um jogo em especial, o jogo válido pela semi-final vs mTw e durou mais de 4 horas, algo incrivel até então. GuX foi o jogador melhor avaliado entre os classificados, ele teve uma média de 1,17.

Nesse meio tempo, o fnatic conquistou também sua classificação à fase final da IEM 5 Europa Final, na oportunidade GuX teve uma média de 1.16, embora tenha sido apenas o quarto melhor da equipe.

Nova saída do fnatic

No final de 2010, surgiram boatos de uma nova formação encabeçada pelas estrelas do fnaticPatrik “f0rest” Lindberg e Christopher “GeT_RiGhT” Alesund. Mas seus ex-companheiros acabaram indo para o SK Gaming, enquanto GuX ficou no meio do caminho, devido à sua má relação com a organização do SK devido a sua saída ainda no meio do ano. Porém, ele encontrou uma nova casa, no Lions, aonde irá substituir Richard “Xizt” Landstrom que fez o caminho inverso.

Seus eventos mais notáveis em 2010 foram a GameGune 2010, IEM Global Challenge Shangai, além dos segundos lugares na ESWC, MSI BEAT IT e Arbalet Best of Four, podemos também incluir nesta lista os terceiros lugares na IEM 4 Final Mundial, assim como o da e-Stars Seoul. Além de boas colocações em eventos de menor expressão, GuX foi um dos jogadores mais bem sucedidos em 2010, ao mesmo tempo com um bom desempenho individual em cada um de seus grandes sucessos.

Já quanto aos prêmios pessoais, que estão em sua casa, podemos citar um troféu que foi dado para o segundo melhor jogador da Arbalet Cup Best of Four. Além disso, GuX também foi um dos melhores jogadores na ESWC, com uma atuação digna de MVP se sua equipe tivesse conquistado o titulo. Isso faz de GuX, em um geral, uma grande escolha para o 12 segundo lugar na lista de top 20 em 2010.

Também pode ser interessante comparar suas performances no fnatic, assim como também noSK, e analisar como GuX se mostrou diferente em ambas as situações. No SK, GuX foi a primeira estrela da equipe, um jogador de impacto que por muitas vezes era o único jogador a se destacar (12 vezes o melhor, sendo que ele fez apenas 51 jogos). Enquanto no fnatic, ele foi apenas o terceiro melhor jogador, raramente sendo o melhor da equipe.

Veja a seguir uma comparação visual das estatísticas de GuX em ambos os times:
Ståhl at SK:Ståhl at fnatic:
Kills per round: 0.76Kills per round: 0.75
Deaths per round: 0.64Deaths per round: 0.60
Rating: 1.10 (?)Rating: 1.12 (?)
Maps played: 51Maps played: 73
MoM: 12MoM: 5
Best tournament: ESWCBest tournament: GameGune
Best map: de_train (1.29 rating)Best map: de_inferno (1.31 rating)

Qual será o papel de GuX no Lions? O mais provável é que ele repita o seu desempenho no SKdurante o primeiro semestre de 2010, sendo o principal jogador da equipe, além de ser a estrela do time.

Principais demos e povs de Rasmus “GuX” Stahl em 2010
OpponentMapEventScoreDemo
RavensnukeIEM4 World (Group stage)33-17POV
coLinfernoIEM4 World (Group stage)21-4POV
Na`VitrainArbalet Best of Four (day 1)28-21HLTV
fnaticdust2Arbalet Best of Four (day 2)30-15HLTV
UNiTEDtuscanArbalet Best of Four (day 3)30-22HLTV
PlayzoneinfernoEPS Nordic II33-17HLTV
H2ktrainWCG Sweden (Semi-final, map 1)28-11HLTV
fnaticnukeIOL F4 S2 (Group stage, map 1)32-21HLTV
fnaticinfernoIOL F4 S2 (Final, map 2)21-10HLTV
H2kinfernoESWC 2010 (Group stage #2)32-17HLTV
coLtrainESWC 2010 (Quarter-final, map 2)22-9POV
FxtrainESWC 2010 (Semi-final, map 1)28-16HLTV
prodigy-escinfernoGameGune (Group stage)40-12POV
aAatrainGameGune (Upper round 1)23-8POV
TyLoo.rawinfernoIEM5 GC Shanghai (Group stage)32-18HLTV
ArcticNovatuscanEPS Nordic III24-9HLTV
mTwinfernoEPS Nordic III (Semi-final, map 2)60-44HLTV

Fonte: TEAMPLAY
  • Orkut
  • Delicious
  • Digg
  • StumbleUpon
  • Reddit
  • RSS feed
  • 0 Comentários:

    Postar um comentário